Destaques

VOCÊ PODE SER QUEM VOCÊ QUISER

Por Luisa Pecoraro •
quinta-feira, 5 de julho de 2018

Oi, hoje eu tô aqui pra falar sobre um assunto que tem sido muito presente na minha vida nos últimos tempos; vamos falar sobre mudança.

Há uns anos atrás eu, Luisa, era vista (até por mim mesma) como uma pessoa estressada, explosiva, emburrada, rancorosa... e por aí vai. E posso te dizer que até pouco tempo eu, ainda, acreditava que carregava essas características. Não, elas não me faziam ser uma pessoa mais feliz, muito pelo contrário, eu não era satisfeita comigo mesma. E a partir disso eu decidi que não queria mais ser aquela Luisa. Mas isso seria possível? Eu, como cristã, deveria acreditar ainda mais que sim, mudar é mais que possível. Se até Saulo virou Paulo, por que eu não poderia, também, mudar?

Foi aí que eu parei, sentei, analisei quem eu era e quem eu queria me tornar. Paciente, feliz, positiva, saudável, amorosa... adjetivos que antes pareciam ser impossíveis serem ligados a mim, hoje fazem parte de quem eu sou.

E, o que eu quero dizer com tudo isso?! Que independente de quem foi ou seja hoje, você pode se tornar a pessoa que quiser.

Como fazer isso? Vamos ser práticos e recorrer ao útil e velho papel e caneta? Pegou? Agora escreva todas as características que seu novo "eu" vai ter. Amar leitura? Gostar de correr? Ser mais ligado à natureza? Ser mais paciente e ter mais compaixão? Liste tudo aquilo que você admira e que te faria mais feliz. Faça com calma e deixe esse papel sempre guardado, para que a cada dia que passe você possa acrescentar mais coisas que gostaria de ser (observação importante: que VOCÊ gostaria; o nosso foco aqui é a SUA felicidade e realização).

Depois disso você vai focar em tudo isso que escreveu e trazer para sua realidade, VIVA o que você planejou. Crie novos hábitos e já comece a praticar, não espere a segunda-feira ou a virada do ano para isso. Você quem vai fazer a sua própria mudança! Certo?

Só tenho algo não tão agradável para te dizer; vão ter pessoas, até mesmo aquelas que convivem com você, que irão continuar te "idealizando" como o seu antigo eu. E o que fazer com essas idealizações? Ignore-as. Elas não importam e, com toda certeza, não farão diferença na sua vida. As pessoas julgam aquilo que é mais conveniente para elas. Julgamentos, na verdade, mostram apenas quem é o julgador e não quem está sendo julgado. A única pessoa quem deve crer nesta mudança e vivê-la é, somente, você. Pensamentos alheios não te definem. E, infelizmente ou até mesmo felizmente, você não irá agradar todo mundo.

Você merece e PODE ser a sua melhor versão. E permita-se viver, sim, de fases. Cada uma delas importa para formar a sua personalidade e trazer bagagem para sua vida. Não há coisa melhor do que ter a liberdade de mudar quantas vezes forem precisas; isso se chama crescimento. Mude todos os dias, se renove, se reinvente, se transforme; só não permita viver para sempre numa posição que não te traga realização. Lembre-se, a sua felicidade importa!!!

E aí, que tal mudar?

Comentários via Facebook

12 comentários:

  1. Boa tarde, como vai? Eu gostei bastante do seu post, acredito que mudar é sempre essencial. beijos

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do post mudanças são sempre essencial bjs sucesso

    ResponderExcluir
  3. Com certeza temos a chance de crescer e nos conhecendo melhor e tendo a possibilidade de mudanças.
    São mudanças profundas que vem de dentro, e são necessarias para nossa vida.
    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  4. Hey Luh,
    Texto realmente muito motivador ! Eu tbm era meio assim sabe ? Em casa tinha o apelido de “seu Saraiva” hahaha !
    Depois de algumas coisas que aconteceram em minha vida decidi melhorar !
    Não estou 100%, mas melhorei muitoooo !
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Bom dia, eu gostei bastante das suas palavras, acredito que você seja a prova viva que as pessoas podem mudar sim, conforme a nossas necessidades beijos

    ResponderExcluir
  6. Sem dúvida mudar pra melhor é uma boa. Percebo que eu mudei muito depois do nascimento da minha filha, meio que sem querer acabei amadurecendo, mas admito que ainda tenho meus picos de raiva, tristeza e insegurança.

    ResponderExcluir
  7. Lu, acredito muito que podemos ser o que quiser e enquanto construímos devemos nos divertir!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi minha xará homônima!
    Adorei teu texto, eu acredito muito no fato de que sempre é tempo de mudar, todo dia é dia de melhorar... Perfeito!

    ResponderExcluir
  9. Amei o texto, Lu! Eu passei pelo mesmo processo e realmente o mais difícil é lidar com as "idealizações" de pessoas alheia. Mas o importante é ser feliz e se sentir bem consigo mesmo, o que muitos não entendem e acabam achando que é "querer ser quem não é". Porém, é como você disse; apenas ignorar. Depois que você conseguir alcançar seus objetivos interiores, isso será mais uma das suas conquistas.

    Bjos, Marinspira <3

    ResponderExcluir
  10. Amei demais esse post, estou convencida de que podemos ser a pessoa que qquisermos ser, colocar no papel o que planejou é a melhor forma de ver o que mudar e praticar

    ResponderExcluir
  11. Otimo post, mudar é sempre bom, imagina passar a vida inteira do mesmo jeito.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Luísa. Tudo bem? O título do seu post é algo que eu digo pelo menos uma vez na semana. É algo em que eu realmente acredito. Achei seu texto incrível, cheio de sentimentos e super bem escrito.
    Beijos
    www.cheiadeassunto.com

    ResponderExcluir

Instagram

© Luisa Pecoraro – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in